feedburner

Assine nosso Feed!


#017

Marcadores:

Poema do Foda

Neste Brasil imenso
Quando chega o verão,
Não há um ser humano
Que não fique com tesão.

É uma terra danada,
Um paraíso perdido.
Onde todo mundo fode,
Onde todo mundo é fodido.

Fodem moscas e mosquitos,
Fodem aranha e escorpião,
Fodem pulgas e carrapatos,
Fodem empregadas com patrão.

General fode Tenente,
Coronel fode Capitão.
E o presidente da República
Vive fodendo a nação.
Os freis fodem as freiras,
O padre fode o sacristão,
Até na igreja de crente
O pastor fode o irmão.

Todos fodem neste mundo
Num capricho derradeiro.
E o danado do Engenheiro
Fode a mulher do Padeiro.

Parece que a natureza
Vem a todos nos dizer,
Que vivemos para este mundo
Somente para foder.


aproveitando esse lindo e bagaçeiro momento inútuil poético, venho pedir desculpas e muitas gostosas por não postar, tava com saudades, erh... ultimamente meu avô, quando sai, leva a chave do escritório(onde fika o pc) e eu n tenho como entrar, mas agora to indo na lan denovo(as vezes)vou fazer agora umas tira, bota no meu mp4 para ir postando aos poucos^^


Beijos na bunda e abraços por trás até +

2 Bilions of comentaries:
gravatar
P@†®icK disse...
16 de fevereiro de 2009 20:56  
Este comentário foi removido pelo autor.
gravatar
Anônimo disse...
27 de fevereiro de 2009 23:55  

cara vai no meu blog que eu te passei um selo.

Postar um comentário